Depoimentos

Carta escrita pela mãe de um de nossos ex-alunos sobre o prato preferido das crianças

Tratado sobre uma canja de galinha


Num começo de noite, após o banho, enquanto secava Pedro e sua cabeça cheia de cabelos enroladinhos - e bem enroladinhos! – conversávamos sobre a escola: as brincadeiras do dia, as bagunças com os amigos, a comida deliciosa...
E Pedro saiu-se com essa:
- Mãe, você faz uma canja de galinha igual a da minha escola?
Oh, céus! Pedro ainda não percebeu que eu e cozinha não combinamos.
 Logicamente, fiquei sem fala. Pensei apenas. E meus pensamentos levaram-me a este “Tratado sobre uma canja de galinha” que lerei para meu filho quando a saudade nele bater, e puder compreender que a vida também é feita de despedidas.
- Filho, jamais a mamãe conseguirá- e nem a melhor cozinheira do mundo – fazer uma canja de galinha igual a da sua escola porque ela tem o sabor das mãos que a fazem, o sabor dos carinhos que você recebeu nesses três anos, das manhãs de sol e das tardes molhadas, dos sorrisos daqueles com quem você conviveu, dos colos que contiveram seu chorar, das brincadeiras compartilhadas com seus amigos, das brigas e das bagunças que vocês aprontaram, do aconchego que você experimentou. Enfim, um sabor único, indecifrável, guardado a sete chaves, de um segredo que você e seus amigos trarão dentro de si, para sempre. Essa canja, meu filho, também é recheada pela ternura da voz de Ana Clara, pelo carinho de Catarina, pelo companheirismo de Davi, pelo sorrisinho sapeca de Fernanda, pela empolgação de Giovanni, pela simpatia de Julia Costa, pela alegria de Julia Loyola, pelas aventuras vividas com Tiago Landi e pelas mãos de cada um e de cada uma das pessoas que constroem essa escola, no cotidiano, e que a fazem uma parte significativa do começo de sua história de vida- uma história, meu filho, que começa com o sabor de uma preciosa CANJA DE GALINHA!

Carta das famílias dos formandos de 2010 ( Ana Clara, Beatriz, Felipe, Luzia e Yan )Para a Equipe Pirilampo
        
São, realmente são 1000 coisas para lembrar, sorrir, agradecer, fazer, estudar, agradecer, obedecer, questionar, aceitar, compreender e sentir falta, muita falta...
Gostaríamos de agradecer toda a dedicação durante os anos que eles passaram com vocês.
Esse carinho veio de toda a equipe, desde a ajuda para pegar na mamadeira, mudar a fralda, fazer penteados, lavar as mãos, a comidinha gostosa, as aulas extraclasses, os diversos trabalhos e finalmente a alfabetização. Certamente, a evolução que hoje observamos é obra do trabalho desenvolvido por vocês.
Todas as tias e tios, sem exceção, deixaram na formação de nossas crianças um pouquinho da sua personalidade. E garantimos que algum momento das suas vidas, eles usarão esses ensinamentos com responsabilidade.
Então a todos um enorme abraço e o nosso sincero: Muito Obrigado!

Muito  Amor no Coração

Poema da Mamãe da Ana Gabriela

A cada dia uma nova diversão

Estar na Pirilampo é só emoção!

Pela manhã ainda com soninho

A tia nos recebe com afeição.

Hora do lanche,

Todos os meus amiguinhos chegarão.

E o momento do trabalhinho

Com papel e tinta vou sujar as mãos.

Cheirinho bom! É a papa sendo servida

Eu vou comer de montão!

A barriguinha já está cheia, é hora de dormir

Vou deitar no meu colchão.

Aula de música, 

Tio Bira vai chegar com o violão!

Oba! Mais um lanchinho    

Vou ficar com um barrigão!

Já está terminando o dia

E eu me diverti com muita animação!

Agradeço a toda a equipe da Pirilampo de coração!

Rua Severino Brandão, 30 - Tijuca - Rio de Janeiro       

Tel.: 21 2254-8664 / 98912-5816

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon